sábado, 7 de dezembro de 2013

II E-mail de Paulo a Timóteo

Esta é a segunda das cartas (e-mail) fictícias que tratam de assuntos reais, atuais e verdadeiros que a Palavra condena, construídas com referências da Bíblia junto ao contexto atual, organizada e escrita pelo Professor Érick Freire.
Quem não concordar tem a liberdade de expressar-se, este é um direito constitucional!


 Paulo escravo de Cristo, servidor incessante do Nosso Senhor a meu filho estimado na fé Timóteo, companheiro fiel a Palavra da verdade;

Amado Timóteo, como te escrevi, agora te retorno, desta vez para falar sobre os coveiros da fé, de homens perseguidores que demonstram piedade, mas em seus corações há rapina e desejo de serem adorados como deuses. Não pondere que estes são homens do mundo, pelo contrário, estes estão a frente de igrejas, pois hoje não há o controle do Espírito Santo como em nossa época, pelo contrário, se ajuntam em reuniões humano-administrativas para escolher primeiro os apadrinhados, depois os que tem representação social e também aqueles que fazem a igreja render mais dinheiro, mesmo que estes desviem do erário da igreja.

Está difícil para os verdadeiros cristãos sobreviverem nestas instituições que viraram comércio, lembro-me quando o estimado apóstolo Pedro nos avisou destes mercadejadores em sua segunda epístola, é difícil para alguém comissionado, diretivamente predestinado pelo Senhor a pregar a Palavra em todos os cantos do mundo antigo, observar tão grandes desvios de conduta, estes são coveiros da fé dos conscientes. Transformam os incautos em zumbis, verdadeiros mortos-vivos na igreja, seres autômatos. Suas roupas são de santidade, suas palavras são "verdadeiras", mas sua condução é tosca, dantesca, amaldiçoam os que discordam deles e escondem os profetas como fizeram a Jeremias, preso e encarcerado por amor a Verdade.

Outro tipo de líder coveiro da fé é aquele que cala os que vão contra as heresias e modismos hodiernos, é desconfortante para eles, pois ao mostrarem o erro desnudam a verdadeira aparência destes líderes e para não serem acuados por seus erros, excluem, excomungam ou lança-os a "Sibéria do gelo". Líderes fracos que possuem um psiquismo bilateral, psicóticos pelo poder, psicóticos por ser o centro da Igreja, mas a Igreja deve ser cristocêntrica.

Estes também tem outra característica que você precisa observar, eles perseguem os que mostram a verdade, põem seus bajuladores para seguir estes, têm sede de vingança, se possível mantariam aqueles que defendem a verdadeira Verdade.

Recomendo-te que observe também aqueles que fraquejaram na caminhada, procure-os não para cobrar, mas com amor e zelo por suas vidas, pois é mais fácil matar alguém quase morto a que trazê-lo de volta a vida;

Valorize os que pensam, valorize os que defendem a Palavra e que são autônomos em Cristo, não defenda aqueles que pensam que tem o livre-arbítrio para si, mas aqueles que sentem que seu arbítrio é de Cristo, pois a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita, como já dissera aos romanos.

No entanto, guarda-te na verdadeira Palavra, no verdadeiro ensino, manejando bem a Palavra e não tendo do que se envergonhar, não seja como os fariseus do século XXI que até estão a frente de igrejas, mas usam-na para autopromoção, para angariar bajuladores, para humilhar os servos em público, para falar mal dos irmãos na tribuna, como se fosse um juiz, não falo em relação a Escritura e os erros dos que a distorcem, falo em comportamentos de perseguição, atos psicóticos, prazer em desdenhar dos outros e se mostrar superior a todos. Juiz para condenação só há um, DEUS, Ele é realmente justo e julga com retidão.

Não creia também nos adivinhos que querem deduzir quando o Senhor voltará, este é um mistério das regiões celestiais, poderá ser agora, mas poderá ser daqui a mil anos, não sei, só Deus Pai, Filho e Espírito Santo sabe.
Permanece pois na fé, na esperança e no amor.

Que a graça do Senhor Jesus seja contigo.

Nenhum comentário: